COMO É O TRATAMENTO COM HIPNOSE?

como é o tratamento com hipnose

A procura de saber como é o tratamento com hipnose para curar distúrbios comportamentais e emocionais aumenta a cada dia. Mais pessoas têm obtido conhecimento sobre o método e percebem que é uma ciência comprovada e que gera resultados excelentes para o paciente.

A hipnoterapia trabalha por meio da indução do paciente para um estado de completo relaxamento. Nesse transe, o profissional consegue estabelecer uma comunicação direta com o subconsciente do cliente para sugerir pequenas mudanças de comportamento que irão ajudar na cura de um distúrbio.

Um dos grandes diferencias do tratamento com hipnose, é que a técnica não trata apenas o problema, mas, também, as causas dele, evitando assim que ele possa voltar a acontecer.

Como é o tratamento com hipnose ?

Como é o tratamento com hipnose ?

Todo mundo pode fazer o tratamento com hipnose, contudo, existem alguns casos nos quais ele não tem resultados são eles: psicoses, senilidade, esquizofrenia e epilepsia.

Ele é indicado para todas as faixas etárias, e pode ser aplicado em diversas situações, e não somente quando há um distúrbio comportamental ou emocional. Por exemplo, se você vai prestar vestibular, a hipnose pode te ajudar a se concentrar melhor na hora da prova, aumentando, assim, o seu desempenho.

O tratamento com hipnose pode ser aplicado, inclusive, em crianças, desde que elas já consigam manter o foco. Nesse tipo de caso o profissional precisa ter uma abordagem um pouco diferenciada.

Como ele estará lidando com uma pessoa em plena fase de desenvolvimento infantil, é preciso ter mais paciência, pois, a indução ao estado de relaxamento, por exemplo, pode demorar mais que o normal.

Além disso, em muitos casos, os pais são grandes influenciadores nos problemas dos filhos, o que necessita, por sua vez, um tratamento com hipnose para toda a família.

Como funciona uma sessão?

Muitas pessoas têm dúvidas de como funciona uma sessão de hipnose. Ao contrário do senso comum, ela não envolve processos mirabolantes. Basicamente, ela acontece de forma tranquila e calma, como uma simples conversa.

Início:

  • Anamnese:  Essa é a primeira etapa da sessão e se resume em uma entrevista. O profissional irá realizar uma série de perguntas para entender melhor o transtorno do paciente, e como tratá-lo.  Além disso, esse contato é essencial para estabelecer uma relação de confiança entre o hipnólogo e o cliente. Aqui, o profissional poderá realizar uma série de ações para estimular a mente do paciente a entrar mais facilmente no estado de relaxamento.

 

  • Indução ao transe: Aqui, o cliente será induzido a um estado de relaxamento por meio da diminuição da frequência mental. Para isso o hipnoterapeuta irá direcioná-lo para um móvel mais confortável e lhe ajudará a chegar em um estado de total paz e tranquilidade.

Processo:

 

Sugestão:

  • Sugestionamento: Durante essa etapa, o hipnoterapeuta começará a dar sugestões para o subconsciente da pessoa, direcionando a fazer pequenas mudanças comportamentais para tratar o distúrbio.  O cliente não precisa se preocupar, pois, o profissional só irá sugerir aquilo que foi acertado na etapa de anamnese. Se quiser, o paciente pode pedir, inclusive, que a sessão seja gravada, para se sentir mais seguro e tranquilo.

Finalização:

  • Saída do transe: Essa é a fase mais fácil de toda a sessão. O hipnoterapeuta irá tirar o paciente do estado de relaxamento de maneira calma e tranquila, deixando-o novamente em seu normal.

O tempo de duração do tratamento com hipnose vária bastante conforme o caso. Em média, ele costuma durar 12 sessões (três mês). Contudo pode ser que o cliente necessite de menos ou mais sessões, dependendo do seu caso.

Porque escolher a hipnose?

Diferente de outras técnicas que demoram anos para alcançar os resultados esperados, a hipnose é bem rápida. Isso interfere diretamente no custo-benefício da técnica, deixando-a financeiramente bem mais acessível do que outros métodos terapêuticos.

Já sabemos como é o tratamento com hipnose. E que ele alcança um nível de eficácia de recuperação muito bom, podendo chegar até 93%.  A técnica é 100% natural.  Não sendo necessário o uso de qualquer tipo de substância ou medicamentos que podem acarretar ainda mais problemas.

Comments

comments